domingo, 16 de setembro de 2012

VALE A PENA LER...

SER FELIZ NÃO TEM PREÇO!

Hoje, ao fazer uma reflexão sobre minha vida, percebi o quanto sou grato por tudo que tem acontecido comigo nos últimos doze meses. O que vou contar a seguir, não é uma história qualquer, é uma história de felicidade, de amor e que ainda não possui um final. Afinal, ela ainda continuará sendo escrita por muitos e muitos anos.

Depois de nos encontrarmos pela primeira vez no dia 7 de setembro de 2011, após dois encontros, o convidei para ir ao teatro. Era 16 de setembro, há exatamente um ano atrás. Íamos assistir a uma peça no Teatro do SESI, na Avenina Paulista. Ao chegar na bilheteria, para minha surpresa, os ingressos estavam esgotados. Resolvemos, então, ir até o Espaço Unibanco para assistir algum filme, mas não nos interessamos por nenhum. De lá da Rua Augusta, seguimos para o cinema do Shopping Frei Caneca. Mas lá também não estava passando nada de interessante.

Confesso que fiquei muito frustrado e não consegui evitar que ele percebesse que eu havia ficado chateado com a situação. Poxa, planejei este programa com tanto carinho e tudo acabou dando errado! Ele resolveu me abraçar para me consolar. Aqueles olhos grandes, verdes e brilhantes, pareciam mais irresistíveis como nunca! Quando recebi seu abraço, senti algo diferente e não pude evitar: aconteceu nosso primeiro beijo. O único detalhe desse caso, é que foi um beijo roubado. Foi ali, naquele exato momento, que teve início a nossa linda história de amor.

No dia que tudo havia dado errado, foi o dia que tudo deu certo. Andamos e jogamos conversa fora durante várias horas. Sem dúvida, foi a melhor opção para aquele dia. Retornei para minha casa pisando nas nuvens...

Os dias que se seguiram, foram os melhores possíveis e os finais de semana seguintes, foram os melhores ainda. O beijo roubado deixou de ser roubado, passou a ser apaixonado.

Alguns meses se passaram e ainda não estávamos namorando oficialmente. Ele insistia em dizer que estava apenas comigo e, dessa forma, não havia a necessidade de se pedir em namoro. Mas quando completamos três meses, as coisas mudaram.

Planejamos passar um momento juntos. A noite estava linda, perfeita para namorar. Neste dia, dançamos “From this moment” e, em seguida, ganhei uma caixinha com um coração dentro. Lá, estava escrita a seguinte frase: “Para cada pedido de namoro não aceito, há um coração dizendo: SIM!”. A partir daquele momento, era oficial, estávamos namorando! Meu coração era só felicidade...

Os meses seguintes passaram depressa, logo chegaram as comemorações de seis meses. Preparei uma grande surpresa para ele, porém o que tinha planejado não iria dar certo. A loja que comprei as alianças, não conseguiria me entregar em tempo. O jeito foi adaptar meu plano.

Era uma sexta-feira e como de costume, saí mais cedo do trabalho. Passei na floricultura e comprei um saco com pétalas de rosas. Fui até o local que passaríamos a noite e fiz um grande coração em cima da cama. No meio dele,  coloquei uma caixa com um porta-retrato e uma foto nossa. No chão em volta da cama, enchi de pétalas. Quarto pronto, tomei um banho e saí correndo ao encontro dele. Jantamos e nos dirigimos para o hotel. Quando abri a porta e o fiz entrar no quarto, ele exibiu um enorme sorriso de surpresa e felicidade. O presente foi recebido com grande carinho.

Dias depois, peguei as alianças e, numa tarde de sábado, continuei a surpresa. Pedi para que ele fechasse os olhos e estendesse as mãos. Por não gostar de surpresas, a cara que ele exibia era de desconfiança e ao mesmo tempo de nervoso. Ao perceber o que era o objeto em suas mãos, ele me devolveu, colocou as mãos no rosto, ficou bravo comigo porque eu não o havia consultado, e ainda segurou o choro. Fiquei tenso, mas segurei a onda. Alguns minutos se passaram e ele, finalmente, pegou a caixinha para ver. Elas brilhavam como aqueles lindos olhos. Coloquei a aliança em seu dedo e ele fez o mesmo comigo. Era lindo perceber o quanto estava emocionado.

Os meses seguintes transcorreram da melhor maneira possível, Deus foi maravilhoso comigo ao me presentear com uma pessoa tão íntegra e maravilhosa.

Chegou o dia dos namorados. Nesta data comemorativa, foi um dia de trocas de presentes e um momento para celebrar o amor. Fomos ao cinema com nossos amigos, ganhei presentes e jantamos. Um dos itens que ganhei, era o meu porta-retrato com nossa foto.

Comemoraremos hoje 1 ano juntos. Não sei como será nosso dia, mas tenho certeza de que será um dia maravilhoso. Só de estar ao seu lado, me sinto completo. O mundo pode acabar que, com você ao meu lado, eu não me importarei.

Nesses doze meses passamos por muitos momentos, muitos bons, outros nem tanto, mas tenho a certeza de que saímos mais fortalecidos.

Em nossas comemorações mensais de aniversário de namoro, algumas pessoas nos deixaram mensagens negativas, dizendo que tudo isso iria passar. Tenho certeza que todos estão errados. O nosso relacionamento não é baseado em mentiras, ou em uma simples rotina de casal. Nesses doze meses juntos, fizemos muitas coisas, como por exemplo: passar o réveillon na praia longe de sua família, pela primeira vez; ir em exposições; assistir diversos filmes; passear em parques; levá-lo pela primeira vez ao teatro; levá-lo pela primeira vez ao samba e de quebra, vê-lo sambar; escalar o pico ou simplesmente passar o tempo juntos. Relembrei muitos desses passeios com sorriso no rosto e lágrimas de felicidades. Sem você minha vida não teria esse colorido que ela possui hoje.

Nesse nosso aniversário de namoro, eu só preciso agradecer. Agradecer por ter sido escolhido por você, agradecer por ser amado, por ser meu amigo, por ser meu amante, por ser meu cúmplice, por me respeitar, por respeitar meus pontos de vista mesmo quando você discorda, preciso agradecer por você ser sempre VOCÊ!

Obrigado por ter me proporcionado um ano maravilhoso. Farei de tudo para que nosso segundo ano de namoro e os próximos também, sejam melhores do que esse.

Um beijo...

Wagner Batizelli

Ps.: Eu te amo #MPPENMLDU!

Um comentário:

Culto Diferente disse...

Vc é um lindo...te amo e quero passar todos os meus dias ao teu lado.
Mas não esquece da próxima vez, passar o texto na censura...rsrsrs